Violência contra a mulher? #COMIGONÃO Mulheres fortes e unidas

11:50:00 AM

A Specialitá, marca especializada em lingerie convidou blogueiras para disseminar a campanha #comigonão.

Eu fui convidada, topei e hoje vamos conversar um pouco sobre VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER.



Sim, o papo é sério e muito importante para todas nós.
Quem nunca ouviu uma gracinha na rua? Ou se sentiu desconfortável ou até mesmo sofreu assédio direto em meios de transportes ou em via pública?
Ou ainda, quem nunca teve um boy que não aceitava muito bem o teu não e não respeitava as suas vontades e desejos?

As vezes temos como violência contra a mulher somente a violência física mas pode ter certeza que a lista é imensa e infelizmente algumas situações já estão enraizadas na nossa sociedade e nem processamos como violência. Todas nós, todas mesmo, vamos sofrer algum tipo de violência ao longo da vida simplesmente por sermos mulheres.

Sabia que quando seu namorado (é, amorzinho e tals) quer transar e você não está afim mas não respeita teu não é uma forma de violência? Eu sei que você acha que não, e pode até achar absurdo o que eu estou falando mas essa é uma das simples formas de violência as quais somos submetidas diariamente e ainda nos sentimos mal por não ceder ou compactuar.
A desconstrução disso tudo é lenta e continua e mais do que nunca precisamos ser unidas para fazer cair por terra toda e qualquer violência contra a mulher.

Por mais que muitas coisas já tenham mudado e muitas conquistas e disparidades de gênero já estejam caminhando, temos que ser realistas: MUITA COISA AINDA PRECISA MUDAR.

A sociedade ainda vive uma cultura de desvalorização da mulher onde a culpa do assédio, do conjuge violento, da traição sofrida, do salário baixo/cargo inferior e etc... ainda é da mulher.
Da roupa curta, do comportamento 'inapropriado' e de tudo isso a única certeza que podemos ter é de que A CULPA NÃO É MINHA, NÃO É SUA E NEM DE MULHER NENHUMA.

E é essa a importância da campanha #comigonão: unir mulheres para dar um basta a toda a violência e inferiorização que tentem nos submeter.
A nossa força é imensa, só precisamos fazer uso dela!



E como podemos fazer isso?

  • NÃO SE CALE: sabia que no Brasil, temos em média 1 estupro a cada 4 minutos e que muitas mulheres NUNCA falarão sobre a violência sofrida? E o nosso silêncio alimenta a certeza da impunidade que o agressor tem ao cometer esse ato, por tanto não se cale.
  • DENUNCIE - DISQUE 180: esse é o canal direto para denunciar toda e qualquer violência contra a mulher e também onde mulheres violentadas (em toda e qualquer forma de violência) podem saber mais a respeito de casas de apoio à mulher. Tudo de forma anônima.




Precisamos mudar a nossa realidade até que os valores estejam exatamente em seus devidos lugares.
Cada mulher dona e senhora do seu corpo e sua vida, sem precisar sentir medo de pegar um táxi sozinha, uma carona... ir e vir sem medo. Não é pedir muito, é? 

Apoie esta causa! Conheça a campanha #COMIGONÃO:

Sobre a campanha e sobre quem a apoia: www.specialitalingerie.com.br/comigonao
Página do Facebook da campanha #COMIGONÃO: https://www.facebook.com/comigonao 



Obrigada a Specialittá pelo convite pra falar um pouco sobre o tema e parabéns pela campanha.


Me acompanhe também nas redes sociais:





You Might Also Like

0 comentários

Deixe seu comentário, dúvida ou critica aqui.
Vou ficar muito feliz em saber o que você achou dessa postagem e o que tem a dizer!
É blogueira? Deixe seu blog também para que eu possa visita-lo!
Beijão

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram